quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Para Sophie e Ana Butterfly + peso perdido

Breve atualização, passei quarta e hoje comendo frutas em todas as refeições (com a exceção de um deslize com um pão com maionese na quarta e dois branquinhos hoje) e a balança já aponta -0,9 kg (61,8kg). Fui no psiquiatra hoje, ele disse que o remédio já deve estar funcionando já que são quase duas semanas sem vomitar e que me cortei apenas uma vez em um mês, e que logo devo sentir os outros efeitos dele, como a perda de apetite e controle da depressão <3
Ah, hoje me convenci de vez de que sou muito doente: passo dois dias controlando um pouco melhor o que como e já me enxergo melhor no espelho.
Qual é a realidade?
Quando estou comendo me vejo maior? Quando estou me controlando me vejo menor?
É bem confuso. Já fazem mais de seis anos... Talvez eu não tenha a menor ideia de como realmente aparento.
Mas os números continuam ruins. Só posso confiar neles.
-
Estou tendo problemas para postar comentários, clico em publicar e a página atualiza sem que meu comentário seja postado. Então vou reescrever (se eu conseguir lembrar o que tinha escrito) aqui, pois não quero deixar vocês sem resposta.


sophie: "cara, dói muito ler isso e saber exatamente como é a sensação. Eu nem sei o que te dizer até porque entendo que nada funciona, fora emagrecer. Acho que o que se tem a fazer é evitar ao máximo que esse dia ruim vire dois dias ruins, sete, uma fase. Nós que temos T.As (especialmente bulimia) vivemos em ciclos de 'sucesso' e 'fracasso'. E a tendência é passar para uma fase de fracasso e depressão logo após a primeira compulsão.
O que te inspira? O que te motiva? Thinspos? Pessoas muito gordas que servem de exemplo negativo? Pensar no como a comida que tu ingere vai se acumular exatamente onde te incomoda? O que te contém? O que te impede de comer? Chupar um gelo? Fazer abdominais toda vez que pensar em ir até a geladeira? Beliscar as gordurinhas? Escrever o que tu tem vontade de comer? Ir tomar um banho? Sair de casa sem dinheiro pra comer?
 O que quer que seja. Faz, ou procura um tratamento pro teu transtorno. Tu só vai te sentir feliz quando estiver sobre controle ou quando estiver saudável.
Por favor, não se machuca. Não se afunda.
Volta. Tu tem te saído tão bem...
Só te quero bem, não se envolve na dor. É cômodo até que cheguem os arrependimentos,"

ana butterfly: "Oi, guria. Como sempre, agradeço o comentário, tu sempre me anima :3
Gosto tanto da tua presença aqui, gostaria que tu escrevesse com maior frequência. Que seja sobre outros assuntos, ou aqueles textos bastante líricos que tu escreve.
Sabe, tenho ficado com a impressão de que, aos poucos, tu tá te afastando do blog... Entendo que em algum momento da tua recuperação pode ser melhor pra ti, mas caso isso venha a acontecer queria fazer um pedido: mantém contato comigo. Já passei pela experiência de perder uma boa amiga no anonimato do blog e detestaria se isso acontecesse contigo.
Beijocas <3"

3 comentários:

  1. Oi Francesca!
    Que feliz eu fico em saber que gosta dos meus comentários.
    Sim, tenho escrito com menos frequência no blog, o que me chateia, vou me esforçar pra estar mais presente. Até porque meu carinho por vocês é muito grande e não quero perdê-las.
    Sobre seu post... Que bom que o remédio está te ajudando, eu comecei a tomar fluoxetina e percebi melhora, dei uma pausa agora, sabe? Mas melhorou bastante minha disposição, sinto mais ânimo...
    Você disse algo com que me identifiquei bastante, comigo basta comer algo a mais e tenho a sensação de que estou "maior", ao passo que dois dias comendo menos e já me sinto melhor O.o
    Ah, e parabéns por já ter eliminado peso :) Garota eficiente hehe!
    Beijinhos, um super abraço e obrigada pelo carinho!

    ResponderExcluir
  2. Oii meu amor! Que incrível ler isso... Suas palavras me tocaram e eu te agradeço demais!!! Me surpreendi ao abrir teu post e ver "Para Sophie", me senti lisonjeada. Realmente é difícil conviver com esse transtorno, e me sinto exatamente assim... Fase de fracasso e depressão após a compulsão. Na verdade no momento eu consegui me controlar, mas nem sempre é assim... Isso me tortura a cada segundo, sem exceção ou exagero. Se eu for parar p/ pensar, sinceramente, nem sei o que me faz não comer. Ver documentários de anoréxicas me inspiram, mas por pouco tempo. Meu negócio é ter prazer da forma errada e depois me livrar de tudo. E na alimentação não poderia ser diferente, eu como desesperadamente p/ suprir alguma necessidade e depois quero vomitar tudo e sair ilesa, mesmo depois de cometer o "crime", é como matar p/ sentir prazer e depois ressuscitar a pessoa. Bom, mais uma vez obrigada <3 Vc é um anjinho. Eu vou seguir teu conselho.

    Enfim, comentando sobre teu post, fico feliz que o remédio esteja fazendo efeito, isso é bom!! Mas tem algum efeito colateral? Se sim, qual? Ah, e eu tbm sou assim. Me sinto enorme se estou comendo e já me vejo menor com pouco tempo de restrição alimentar... N sei se é a verdade ou é tudo da minha cabeça. Complicado isso =sss Simm, e parabéns pelo peso perdido haha, melhor ainda pq vc se alimentou!! 0,9kg com frutas e uns pãezinhos? Show! Espero que continue assim, seria interessante emagrecer rápido sem morrer de fome. Beijos :**

    ResponderExcluir
  3. Olha linda, espero q você se sonya cada vez melhor.

    Mil desculpas por demorar tanto pra te responder. E q fui ver seu comentário agora.
    Pra entrar no grupo você deixa seu número lá nos comentários q eu te add aí você vai poder conversar com mais 5 garotas além de mim.
    Se você quiser apago seu comentário pra proteger seu número.

    Se cuida

    ResponderExcluir