segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Noivado, peso estacionado, whatsapp e desafio


Sim, minhas caras, eu, em meus plenos 16 anos, acabo de noivar <3
 Não, não me sinto jogando minha juventude fora. Sinto como e meus planos estivessem cada vez mais próximos de se concretizarem.
 Não consigo olhar pra aliança sem ficar toda boba e pensar "noivos *u*"



Meu pesinho não ousou sair do lugar. Isso só pode ser um milagre, já que desde sábado não cuidei quase nada. Isso me deixou suuuuper chateada, mas conversei com as meninas do whats e pelo menos algumas vão fazer uma sequência de LFs de 500 kcal comigo, por uma semana o/

Post rápido, novidades e esperanças, agora vou no mercado comprar maçãs pro meu lf e depois comento nos blogs
Aquela beijoca,
Fran <3

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Para Sophie e Ana Butterfly + peso perdido

Breve atualização, passei quarta e hoje comendo frutas em todas as refeições (com a exceção de um deslize com um pão com maionese na quarta e dois branquinhos hoje) e a balança já aponta -0,9 kg (61,8kg). Fui no psiquiatra hoje, ele disse que o remédio já deve estar funcionando já que são quase duas semanas sem vomitar e que me cortei apenas uma vez em um mês, e que logo devo sentir os outros efeitos dele, como a perda de apetite e controle da depressão <3
Ah, hoje me convenci de vez de que sou muito doente: passo dois dias controlando um pouco melhor o que como e já me enxergo melhor no espelho.
Qual é a realidade?
Quando estou comendo me vejo maior? Quando estou me controlando me vejo menor?
É bem confuso. Já fazem mais de seis anos... Talvez eu não tenha a menor ideia de como realmente aparento.
Mas os números continuam ruins. Só posso confiar neles.
-
Estou tendo problemas para postar comentários, clico em publicar e a página atualiza sem que meu comentário seja postado. Então vou reescrever (se eu conseguir lembrar o que tinha escrito) aqui, pois não quero deixar vocês sem resposta.


sophie: "cara, dói muito ler isso e saber exatamente como é a sensação. Eu nem sei o que te dizer até porque entendo que nada funciona, fora emagrecer. Acho que o que se tem a fazer é evitar ao máximo que esse dia ruim vire dois dias ruins, sete, uma fase. Nós que temos T.As (especialmente bulimia) vivemos em ciclos de 'sucesso' e 'fracasso'. E a tendência é passar para uma fase de fracasso e depressão logo após a primeira compulsão.
O que te inspira? O que te motiva? Thinspos? Pessoas muito gordas que servem de exemplo negativo? Pensar no como a comida que tu ingere vai se acumular exatamente onde te incomoda? O que te contém? O que te impede de comer? Chupar um gelo? Fazer abdominais toda vez que pensar em ir até a geladeira? Beliscar as gordurinhas? Escrever o que tu tem vontade de comer? Ir tomar um banho? Sair de casa sem dinheiro pra comer?
 O que quer que seja. Faz, ou procura um tratamento pro teu transtorno. Tu só vai te sentir feliz quando estiver sobre controle ou quando estiver saudável.
Por favor, não se machuca. Não se afunda.
Volta. Tu tem te saído tão bem...
Só te quero bem, não se envolve na dor. É cômodo até que cheguem os arrependimentos,"

ana butterfly: "Oi, guria. Como sempre, agradeço o comentário, tu sempre me anima :3
Gosto tanto da tua presença aqui, gostaria que tu escrevesse com maior frequência. Que seja sobre outros assuntos, ou aqueles textos bastante líricos que tu escreve.
Sabe, tenho ficado com a impressão de que, aos poucos, tu tá te afastando do blog... Entendo que em algum momento da tua recuperação pode ser melhor pra ti, mas caso isso venha a acontecer queria fazer um pedido: mantém contato comigo. Já passei pela experiência de perder uma boa amiga no anonimato do blog e detestaria se isso acontecesse contigo.
Beijocas <3"

terça-feira, 15 de outubro de 2013

Chega de moleza + SMS

Olá meninotasss
Estou aqui, 2,7kg mais gorda (ou seja, pesando 62,6)
Hoje a culpa bateu e fui subir na balança já sabendo que lá vinha merda
Mas foi bom encarar a realidade, me ajudou a tomar iniciativas pra já comer melhor amanhã.
Amanhã tenho aula o dia inteiro, estou levando uma pêra, duas maçãs pequenas, e um iogurte light.
Vou passar o dia me embuchando de água com gengibre e suco Clight. Vou eliminar esse peso rapidão.
  Aah, encontrei uma parceira de perda de peso!
Ela não tem transtornos alimentares, e sabe dos meus. Ela é madura o suficiente pra não se influenciar com as coisas erradas que eu faço, então ela vai perder peso mais saudavelmente. Vamos chamá-la de Ca. Então, a Ca é minha colega de escola, é a única amiga fiel que tenho lá dentro. A Ca é bem gordinha, mas agora ela já perdeu 5,5kg com a dieta Dukan e pesa 79,5. Acho que ela mede 1,72. Ela é um amor de pessoa, e vive me incentivando, a gente troca dicas e tal. E, além de tudo, ela super apoia que eu me livre dos transtornos, e eu de fato venho tentando.
 São dez dias sem nem tentar vomitar. Mas esse número vai diminuir se o número da balança aumentar.

ai, sobre as sms...
Aumentei meu plano de celular e tenho mensagem pra todas as operadoras, então se alguém se sentir à vontade e quiser trocar mensagem comigo (ou whatsapp também): 51 80224084 (vivo). Só deixa um comentário avisando que vai mandar e se identifica na mensagem pra eu não estranhar :3

Vou passar nos blogs de vocês, espero que estejam todas num clima bom :3
 Beijocas
P.S: Sim, no último post, ou eu na foto

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Black Sabath - o dia mais feliz da minha vida

Guriaaaaaaaas
Tive o melhor dia da minha vida
Foi o show do black sabbath aqui em porto, foi incríiiiiivel
Me chapei pra caralho, viajei horrores, comi um moooonte de porcaria bem no foda-se
Só sei que eu to feliz
Que black sabbath é incrível

domingo, 6 de outubro de 2013

Depressão

Vontade de nada, apatia, agonia e desespero o tempo todo.
Comer, vomitar (não o suficiente), e me cortar para me punir depois.
Não aguento mais. Nada seria necessário se eu simplesmente não comesse.
Sou decepção e erros. Qualquer coisa é pressão demais pra mim. Qualquer coisa me faz desabar.
Não quero viver.
Gostaria de nunca ter existido. Seria ótimo.

Decepções. Sou um monstro. Uma máquina de autodestruição que por conseguinte machuca quem me ama.

60,6

Não parece tão ruim, né?
Mas eu quero 53
42
40
25
13
0
-1

E é horrível ter de me convencer que é impossível.
Que eu nunca vou chegar nem perto do que é possivelmente suficiente (42) simplesmente porque não tenho força. Simplesmente porque não consigo me impedir de
 1) Abrir a geladeira
 2) Estender a mão até a comida
 3) Pegar
 4) Aproximar da boca
 5) Abocanhar
 6) Mastigar
 7) Engolir
São sete oportunidades de parar a mim mesma.
Desculpem  desabafo. Mas eu tava precisando.
Talvez alguém, se é que alguém vai ler, pense que eu devia procurar tratamento.
São 18 dias tomando fluoxetina. É desesperador não sentir os efeitos (antidepressivo e inibidor de apetite) ainda. Agonia.
Vou ler o máximo de posts que conseguir, mas passei tempo demais longe, talvez não consiga acompanhar muito bem.

Obrigada por ler